Collection NGL - Nilge Gouveia Limeira

Zone d'identification

Cote

BR ESAPEES NGL

Titre

Nilge Gouveia Limeira

Date(s)

  • 1909 - 2009 (Création/Production)

Niveau de description

Collection

Étendue matérielle et support

4.956 imagens em suporte de papel.

Zone du contexte

Nom du producteur

(1909 - 2009)

Notice biographique

Nascida em 18 de abril de 1922, em Vitória-ES, Nilge de Almeida Barreto de Gouveia [Limeira] é a segunda dos 13 filhos de Nilo Barreto de Gouveia e Gedália de Almeida Barreto de Gouveia. Irmã de: Eny Barreto de Gouveia Glycério, Edyr Gouveia de Almeida Couto, Clície de Almeida Barreto de Gouveia, Carlos Xavier Paes Barreto Sobrinho, Francisco Severino de Almeida Barreto de Gouveia, Ariosto de Almeida Barreto de Gouveia, Maria Ridolfi Gouveia de Carvalho, Evany Barreto de Gouveia Alves, Iedda de Almeida Barreto de Gouveia,
Aline de Almeida Barreto de Gouveia, Nilo Barreto de Gouveia Filho e Anália de Almeida Gouveia Lins. Casouse aos 27 anos com Benigno Rodrigues Limeira, com quem teve três filhos: Luiz Fernando, Thales e Fabíola.
Nutriu ao longo de sua vida uma paixão em registrar momentos e acontecimentos do cotidiano. Através de fotografias e versos registrou histórias e sentimentos. Suas crônicas foram publicadas em coletâneas e jornais do Estado, principalmente em “A Gazeta”. Publicou quatro livros: “As Crônicas de Bolso” (1974), “Nilge Limeira e Seu Canto de Vida” (1981), “Três Momentos” (1990) e “Sandálias não Caminham” (1999). Trabalhou no Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo, onde se aposentou. Prestou assessoria também na Ordem dos Advogados do Brasil, seção Espírito Santo, organizando vários congressos no Estado e fora dele. No dia 30 de outubro de 1992 assumiu a cadeira de número 27 na Academia Feminina Espírito Santense de Letras. Definiase como uma pessoa que conseguiu se reerguer quando quase nada mais havia em pé, passando para todos, sempre, a mensagem de um olhar positivo da vida, com a pureza de uma criança em seu coração, onde a mágoa não penetra e o rancor passa longe. Faleceu em 26 de março de 2008, aos 85 anos.

Histoire archivistique

Projeto financiado pela Lei de Incentivo à Cultura do Município de Vitória – Lei Rubem Braga, do ano de 2014, com apoio da empresa Spassu Tecnologia, para tratamento do acervo fotográfico pertencente a Nilge Gouveia Limeira.
O projeto surgiu após a família Gouveia Limeira, na figura da filha de Nilge – Fabíola Gouveia Limeira - demonstrar interesse em difundir as milhares de imagens acumuladas ao longo da vida, transcorrida tanto na cidade de Vitória-ES quanto em Recife-PE.
As fotografias acumuladas pela família possuem um recorte temporal de aproximadamente um século, começando no final do século XIX (casamento de familiares) e findando na primeira década do século XXI (com o falecimento de Nilge). Vale citar que a senhora produtora do acervo foi figura ativa nas principais entidades culturais do Espírito Santo (Academia Feminina de Letras, Tribunal Eleitoral, Clubes Sociais, Órgãos Públicos) e o acervo fotográfico ilustra esse fato de forma rica e abrangente.
O acervo mostrou-se valioso, uma vez que, configurava um importante recorte temporal e significativa amostra das atividades socioculturais capixabas. E, essa coleção tornou-se apta à capitação de recursos via Lei de Incentivo à Cultura do Município de Vitória – Lei Rubem Braga, na modalidade Patrimônio Histórico. O projeto foi contemplado no ano de 2014 e captou recursos junto à empresa de gerenciamento da informação e informática - Spassu Tecnologia, que viabilizou o trabalho em outubro de 2015. Tendo sido iniciado o tratamento logo imediatamente após a captação.
A metodologia adotada foi a identificação individual de cada uma das 4.956 imagens (através de entrevista oral) com os descendentes diretos de Nilge, seus filhos Fabíola e Thales Gouveia Limeira, que identificaram o local, data e personagens de cada uma das fotografias da coleção. Todo o processo foi gravado com câmera digital e depois transcrito por uma equipe multidisciplinar, que codificou e descreveu o acervo a partir das identificações obtidas.
Durante a etapa de preservação física as peças foram acondicionadas em material de reserva alcalina, embalados (com material em polipropileno) e condicionadas em estantes devidamente aclimatadas. Nesse processo optou-se por retirar as fotos de seus respectivos álbuns, devido às características dos invólucros primitivos: folhas autocolantes, extremamente ácidas, com peças soltas, e de difícil codificação/identificação.
Após receberem os códigos individuais todas as fotografias foram digitalizadas em formato TIFF (Tagged Image File Format). E salvas em diversos backups de segurança. Disponíveis para ampla consulta.
Ao serem doadas ao Arquivo Público do Estado do Espírito Santo tornaram-se patrimônio documental histórico dos capixabas e estão aptas à produção de conhecimento e fortalecimento da memória local e regional. Além de se concretizarem como parte fundamental do saber histórico e fonte primária (para se conhecer uma das infinitas micro-histórias) que compõe a historiografia brasileira.

Source immédiate d'acquisition ou de transfert

Doação das fotografias pela família Gouveia Limeira ao Arquivo Público do Estado do Espírito Santo (APEES).

Zone du contenu et de la structure

Portée et contenu

Contêm fotografias de família, aniversários, batizados, casamentos, primeira eucaristia, carnaval, atal, eventos sociais, formaturas, apresentações, lançamentos de livros, visitas sociais, viagens, patrimônios arquitetônicos, patrimônios naturais, patrimônios materiais, entre outras.

Évaluation, élimination et calendrier de conservation

Accroissements

Mode de classement

ESTÁGIO DE TRATAMENTO
As fotografias estão totalmente organizadas. Foram higienizadas, envolvidas em jaquetas de papel alta alvura 240g, descritas, identificadas, arranjadas, digitalizadas e, por fim, acondicionadas em gavetas e armazenadas em estantes em ambiente de temperatura controlada.
ORGANIZAÇÃO
Divididas em álbuns, aqui representados em dossiês, como quando do recolhimento. Código utilizado: BR ES
APEES NGL, sendo ele:
BR – Brasil
ES – Espírito Santo
APEES – Arquivo Público do Estado do Espírito Santo
NGL - Coleção Nilge Gouveia Limeira

Zone des conditions d'accès et d'utilisation

Conditions d’accès

Irrestrito. Nas dependências do Arquivo Público do Estado do Espírito Santo (APEES).

Conditions de reproduction

Com autorização do Arquivo Público do Estado do Espírito Santo (APEES) e da família de Nilge Gouveia Limeira.

Langue des documents

  • portugais brésilien

Écriture des documents

Notes de langue et graphie

Caractéristiques matérielle et contraintes techniques

Instruments de recherche

Zone des sources complémentaires

Existence et lieu de conservation des originaux

Existence et lieu de conservation des copies

Unités de description associées

Descriptions associées

Zone des notes

Identifiant(s) alternatif(s)

Mots-clés

Mots-clés - Sujets

Mots-clés - Lieux

Mots-clés - Noms

Mots-clés - Genre

Zone du contrôle de la description

Identifiant de la description

Identifiant du service d'archives

Règles et/ou conventions utilisées

Norma Brasileira de Descrição Arquivística – NOBRADE, 2006.

Statut

Niveau de détail

Dates de production, de révision, de suppression

DATAS DAS DESCRIÇÕES: 28 de setembro de 2015 a 24 de setembro de 2016.

Langue(s)

Écriture(s)

Sources

Note de l'archiviste

RESPONSÁVEL PELA HIGIENIZAÇÃO:
Diovani Favoreto.
RESPONSÁVEIS PELA DESCRIÇÃO:
Fabíola Gouveia Limeira, Thales Gouveia Limeira, Diovani Favoreto, Dakyere Litig Fadini, Lilian Barbosa Albani e Thyenne Endlich Dourado.
TÉCNICOS ENVOLVIDOS:
Thyenne Endlich Dourado, André Malverdes, Diovani Favoreto

Zone des entrées

Sujets associés

Personnes et organismes associés

Genres associés

Lieux associés